Estive na semana passada na cidade americana de Scottsdale, Arizona, para participar do Foundation Conference. Um dos menores (130 parcitipantes apenas) mas na minha opinião, um dos mais importantes eventos hoje voltado para a fotografia de casamento nos Estados Unidos. É a segunda edição que participo. A primeira foi em Kansas City em 2010 e a partir daí surgiu a idéia de fazer um evento no Brasil nos mesmos moldes e com o mesmo grupo de pessoas envolvidas. Surgiu aí o Photo Elite, seguindo a filosofia de um altíssimo nível nas informações através de equipe de professores fortíssima com ênfase no fotojornalismo.
Tenho por hábito anotar tudo, para assim que chegar em casa poder criar uma TO DO LIST daquilo que preciso colocar em prática. Acabo aqui de transcrever a minha lista e gostaria de dar um gostinho de uma parte do que está por vir na semana que vem aqui no PHOTO ELITE em Belo Horizonte. Espero aqui contribuir com a minha lista pessoal de melhorias que já comecei a implementar no último casamento de sábado.

1. Fotografar casamentos é fotografar para quem ainda não existe. Sempre fotografei pensando na família mas nunca tinha pensado nos membros da família que ainda não nasceram e que vão conhecer algumas das pessoas só pelas imagens feitas por mim. Isso aumenta a minha responsabilidade! Pensando nas imagens do meu casamento, a Júlia minha filha, hoje com 5 anos, não conheceu 5 das pessoas que vieram a falecer depois que me casei há 8 anos atrás. O fato é que nossas imagens tornam-se ponte de ligação entre o passado e o presente. Quanto mais tempo se passa, mais importante se torna tal registro.

2. Ser mais paciente e esperar para poder clicar no momento certo. Não perder o timing do momento. As vezes desisto antes da hora por falta de calma e de saber esperar.

3. Eu sou tão bom quanto minha imagem mais fraca publicada. Em outras palavras, se publico minhas imagens fracas no Facebook, blog ou mídias sociais, crio uma imagem negativa do meu trabalho. Portanto hora de ser ainda mais exigente ao publicar eliminando aquilo que não é tão forte assim.

4. Ser mais exigente comigo mesmo. Quando coloco o nível de exigência o mais alto possível torna-se mais difícil falhar.

5. Perguntar-me sempre o porque de estar fazendo uma foto antes do clique. Já tenho feito isso mas preciso colocar mais atenção. Sempre que se pergunta antes de clicar o PORQUÊ, a fotografia ganha mais sentido e muitas fotos sem noção não são feitas.

6. O momento triunfará sempre. Ele é mais importante do que qualquer coisa, qualquer detalhe, pose, retrato. Um momento é lembrado para sempre.

7. Prometer menos, entregar mais. É assim que vou conseguir superar as expectativas dos meus clientes. Sempre oferecer mais do que foi prometido. Quem não fica feliz em pagar por algo e receber um algo ainda melhor do que esperava?

8. Um cliente  satisfeito depende de 3 coisas básicas: alto valor agregado, excelente produto e experiência inesquecível. Se conseguir então criar um produto de alto nível, que agregue valor e se conseguir fazer com que a experiência de me contratar seja inesquecível, nunca me faltará clientes pois o boca a boca ainda é o melhor marketing.

9. O Pinterest é uma ferramenta poderosa de marketing. Segundo os americanos muitas noivas já tem utilizado  o PINTEREST como fonte de pesquisa. Eu ainda não dou a atenção que ele merece mas já vou começar a melhorar a minha atuação nesta nova mídia social que segundo eles tem muito futuro. Se acontece lá, mais cedo ou mais tarde chega aqui não é verdade?

10. Trabalhar mais uma imagem. Clicar mais uma mesma situação buscando ângulos diferentes, momentos diferentes, objetivas diferentes, novas perspectivas. Buscar mais de uma resposta certa para uma mesma situação gerando mais opções para a edição e claro gerando imagens mais fortes.

11. Os prêmios. Muitas vezes uma imagem não é forte suficiente para chamar a atenção dos juízes mas é sim muito importante para a história do casamento.

12. O Instagram é uma ótima forma de treinar mesmo quando não estou trabalhando ou fotografando para algum cliente.

Estas 12 lições são meu para casa nos próximos meses. Como já dito, algumas já estão sendo colocadas em prática e outras ainda serão. Estou muito feliz pois na semana que vem possibilitarei aos 150 fotógrafos brasileiros já inscritos a oportunidade de absorver muito mais que essas 12 lições.

Se você ainda não fez sua inscrição, saiba que, com certeza, você tem a oportunidade de estar não no maior mas sim no melhor e mais seleto grupo de estudos de fotografia de casamento que o Brasil já teve. Vou para ele de olhos fechados e cheio de esperança pois conheço cada um dos professores que começam a desembarcar em Belo Horizonte a partir de domingo.

Última chamada, participe:

www.photoelite.com.br

[email protected] escoladeimagem.com.br

(31) 9983-6767

Deixe um comentário

Comment