MENU

Os casamentos não param de acontecer e os fotógrafos também se multiplicam na mesma velocidade. Diante de muitas ofertas, eu sei que para os noivos, as vezes, é muito difícil escolher o profissional que contará a história do seu casamento em forma de imagens.

Diante disso, o que fazer então para não errar na hora da escolha do fotógrafo ?

A indicação dos amigos conta muito!

Ninguém é louco de pedir indicação a alguém que não confie ou admire, não é verdade? Quando pedimos indicação a alguém é porque a opinião deste alguém conta, e muito.  Como o serviço da fotografia de casamento é consumido a medida que é produzido, fica difícil para os noivos fazerem uma degustação  e certificarem-se  se o nível do servíco é ou não o que eles procuram. Em outros casos como buffet, música, maquiagem, salão de festas, igreja os é possível degustá-los antes do casamento.  No caso da fotografia isso não ocorre. Sendo assim é super importante que a noiva peça indicação para suas amigas e pessoas que já se casaram. Elas poderão dar a dica de como foi a experiência com os fotógrafos contratados. Aliás, quando se contrata um fotógrafo contrata-se uma experiência.Uma experiência que começa na assinatura do contrato e que pode durar décadas já que o mesmo profissional pode continuar a fazer parte dos registros posteriores ao casamento.

Preço e qualidade andam juntos, quase sempre!

Primeiro é preciso entender que existem diversos tipos e níveis de fotógrafos, como qualquer outro profissional da área de serviços. Para se ter uma idéia do nível de um fotógrafo é importante saber o valor que ele cobra. Dessa forma já se pode ter uma idéia do nível do serviço a ser contratado. Parto da premissa que qualidade e preço sempre andam juntos, ou quase sempre. Se o fotógrafo é competente, há mais gente querendo contratá-lo e consequentemente ele pode cobrar mais. Lei da oferta e demanda que rege todos os serviços.

Se você  busca algo de muita qualidade, preocupe-se com preço sim e esteja disposto a pagar mais por isso. A história bom e barato costuma acabar em tragédia pois quando um casal quer um fotógrafo bom mas não quer pagar por isso ele acaba contratando um que ele “ACHA” que é bom. Cria-se então um nível de expectativas muito alto e depois, com o resultado aquém do esperado, vem a decepção.

Peça ao fotógrafo para ver álbuns com um só casamento

Falar que o fotógrafo é bom ou tem bom gosto é relativo. Bom gosto para quem? Bom baseado em que parâmetro? Agora quando falamos de consistência, tudo fica mais fácil. O significado da palavra consistência é Fig. Firmeza, solidez; coerência na exposição de idéias. Quando o fotógrafo apresenta um álbum aos noivos ele simplesmente se apresenta as suas idéias e a forma como ele enxerga os casamentos. Será que a apresentação de suas idéias é consistente? Ela é regular do início ao fim? O nível das imagens, a luz, a composição, o acabamento do álbum e o tratamento e pós produção variam muito no decorrer de um álbum ou são consistentes?

Quando ele apresenta aos noivos um álbum com vários casamentos torna-se difícil identificar esta consistência, esta solidez. É bem mais fácil fazer uma ou duas boas imagens de cada casamento fotografado e compilá-las em um belo portfólio. Por outro lado, ao ver um álbum com um só casamento, do início ao fim, fica mais fácil identificar o grau de consistência do fotógrafo. Se ele apresenta ou não variações, se ele é o que o casal espera da capa até última página.

É preciso se identificar com as imagens

O que foi visto no álbum é o que o fotógrafo pode te oferecer. É comum  alguns casais contratarem um fotógrafo e trazer para ele imagens de outros profissionais dizendo que é isso que esperam do seu trabalho. A fotografia é pessoal e intransferível. A forma como um fotógrafo produz imagens (fotografa) é a forma como ele vê a vida. Ela é única. Não existe um fotógrafo igual a outro. Não adianta querer que ele veja com olhos de outro.

Uma certa vez recebi uma ligação de um fotógrafo muito chateado com uma noiva que o contratou dizendo a ela que queria fotos como as minhas. Eu entendi sua dor e me coloquei no seu lugar. O casal contratou o fotógrafo errado.  Outra vez, uma noiva me procurou dizendo que queria fotos no estilo de outro fotógrafo, fulano de tal, muito bom por sinal!. Educadamente eu a pedi que voltasse para casa, revisse meu portfólio e caso gostasse, que me contratasse. Ela seguiu a risca. Dois dias depois me ligou de volta, agradeceu e contratou outro. Fiquei triste por não ser o escolhido mas ao mesmo tempo muito feliz por ter sido honesto e por dar a ela e a mim mesmo a oportunidade de procurarmos algo melhor, para ambos os lados. Quando o cliente não se identifica com as imagens do fotógrafo, é sinal que este não é o fotógrafo indicado. E vice versa.

Assinar um contrato é preciso

Em 8 anos de negócio nunca precisei responder nenhum processo judicial. Espero que continue assim. No entanto é necessário, para a tranquilidade de ambas as partes, assinar um contrato. Um contrato que deixe bem claro direitos e responsabilidades de ambas as partes. Para mim o contrato existe para não ser utilizado. O combinado e registrado não sai caro para ninguém. Não consigo entender como ainda há fotógrafos que trabalham sem contrato. Inadmissível. Se um casal contrata um fotógrafo desse tipo depois não pode reclarmar que o que foi prometido não foi cumprido, não é verdade?

Afinidade conta muito

Não basta apenas se identificar com as imagens do fotógrafo. Caso não haja empatia com a pessoa do fotógrafo é melhor não contratá-lo. Ele é o profissional que mais tempo passará com a noiva no dia do casamento. Portanto, se não há afinidade, não há liberdade e a fotografia sofrerá no final  pois ambas as partes não se sentirão a vontade. Da mesma forma, se o fotógrafo não se sente bem com o casal que quer contratá-los, melhor recusar educadamente o trabalho em respeito a si e ao próprio casal que merece um serviço de alto nível.

Ninguém é perfeito. É importante seguir as recomendações e não se esquecer da intuição que é sempre bem vinda. Mesmo assim, algo pode sair errado pois fotógrafos são seres humanos e passíveis de erros. Não existe fotógrafo perfeito e que não tenha errado nunca. O que fala que nunca errou mente. Por outro lado também não existem clientes 100% perfeitos.

O mais importante é que os fotógrafos tem os clientes que merecem e o cliente, por outro lado,  o fotógrafo que também merece. Quem não estiver satisfeito provavelmente cometeu um erro no processo de seleção. O resultado da fotografia do seu casamento é proporcional ao carinho dispensado a escolha do fotógrafo.

Um bom dia a todos leitores!

Comentários

Perfeito, esse texto deve ser lido por muita gente, concordo 100%, esse momento de expansão da classe fotográfica, faz com que surjam “falsos” profissionais, atrás apenas de lucros, soube de casos em que montam portfólios com fotos de outros fotógrafos, eu estou em inicio de carreira, por isso, procuro dar um passo de cada vez, não da pra pular etapas, esses textos são muito importantes e com certeza uso como base na minha formação.

abraço!

Melhor definição impossível.
Madalena.

Muito bom Vinícius, e isso vale para o vídeo também. Assistir a videos completos e não só aos trailers na internet, reconhecer a relação preço x qualidade etc. Obrigado por esses posts! São sempre muito úteis!

Perfeitas as colocações aqui colocadas parabéns e sucesso a honestidade abre as portas para sempre…

Vini,
Excelentes observações! Eu colocaria uma observação importante: Não necessariamente fechar foto e vídeo juntos é garantia de ótimo trabalho em ambas as coberturas. Os melhores são especialistas… Fazer de tudo um pouco não é garantia de qualidade, mas talvez de comodidade. Muitos noivos dizem que só querem fechar se for foto e vídeo junto. E curiosamente vários se frustram depois… Por isso é sempre bom ter em mente que o “profissional pato” (anda, voa e nada, mas não faz nenhuma das três coisas bem), é muito válido!

Um abraço,
Fernando

Parabéns pelo texto, sempre nos ensinando algo novo em nosso trabalho.

Parabéns, ficou muito bom. isso mostra que você e um excelente profissional.
O verdadeiro profissional tem AMOR pelo que faz…

Texto maravilhoso e tenho o maior prazer de fechar contratos que muitos são indicações de clientes que já foram fotografados por mim.
Obrigada por compartilhar sempre textos maravilhosos Vini.

Abraços mil

Vinicius,

Gostei muito da leitura, não fotografo profissionalmente, mas gosto muito de ler sobre fotografia e sobre a profissão de fotógrafo.

Acho que todo casal deveria ler seu texto. Evitaria muita oportunidade para uma insatisfação.

Um complemento para seu texto, se é que precisa complementar algo, é ter consciência (ambos fotógrafo e cliente) que além das diferenças entre fotógrafos existe diferença entre os eventos. Não podemos ver as fotos de um evetno feito num locl e esperar que elas sejam iguais as feitas em outro locol. A decoração utilizada pode influenciar muito no resultado final das fotos. São coisas aparentemente desconexas, mas que são olhadas como um todo.

Grande abraço.

Flávio RB

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

FECHAR MENU