MENU


Hoje conversando com um dos meus coachees chegamos a uma analogia que nos fez concluirmos sobre o meu trabalho e o dele.

O teste é simples e pode ser feito por qualquer fotógrafo de casamento ou de pessoas.
Imagine se você dividir o seu “trabalho fotográfico” em, estética e em conteúdo.
A estética é a sua capacidade de organizar e compor elementos, de enxergar cores, de tratar imagens, de trabalhar com camadas, formas geométricas, etc…
Agora imagine que o conteúdo seja a sua capacidade de observar, transmitir sentimento, de capturar os momentos de formatar um conceito e se comunicar.

Imaginou?

Bom, agora imagine que eles juntos possam ser combinados e que essas combinações possam dar origem a quatro possibilidades.
1. Anel de brilhante (conteúdo valioso) embalado em um papel de pão (estética pobre).
2. Anel de zircônio, imitação do diamante, (conteúdo pouco profundo) embalado em um papel de pão, (estética pobre).
3. Anel de zircônio (conteúdo pouco profundo) embalado em uma caixa da Tiffany Co (estética de alto nível).
4. Anel de brilhante (conteúdo valioso), embalado em uma caixa da Tiffany Co (estética de alto nível).

Agora seguem as perguntas que você não precisa, necessariamente, responder em público.
1. Em qual dessas categorias a sua fotografia se encaixa? Procure ser honesto consigo mesmo.
2. E em qual delas você gostaria que ela se encaixasse? O que você pode fazer para ir em direção a isso?
O que é mais fácil para você, desenvolver o conteúdo ou a embalagem?

Falando de mim, eu sempre achei mais fácil desenvolver a embalagem e nos últimos tempos, tenho me dedicado mais ao conteúdo que a embalagem.
Eu acho importantíssimo ter conteúdo e apresentá-lo com estética mas HOJE sei que entre um anel de Zircônio na caixa da Tiffany ou um anel de brilhante em papel de pão, eu prefiro a segunda opção mas com certeza, sabendo que eu posso e devo aliar as duas coisas, estética apurada + conteúdo profundo.
A briga interna entre as duas coisas é inevitável mas posso garantir que é possível negociar um lugar em comum entre os dois elementos tão importantes para a fotografia.
Minha meta hoje é buscar ainda mais conteúdo e claro, voltar a desenvolver a minha estética que ficou, no último ano, em segundo lugar nas minhas prioridades.

Qual seria o seu equilíbrio?

 

Comentários

Sensacional!Parabéns pelo texto e pela analogia tão simples e perfeita!

A distancia de años sigues enseñándome lo mejor de la fotografía… Obrigado !!! 🙂

Deixe o seu comentário

FECHAR MENU