MENU

As imagens abaixo foram feitas no workshop de Direção em Campo grande, nos últimos dias 16 e 17 de novembro. O local foi o lindo Parque das Nações indígenas.

34 C, céu azul, luz de duas da tarde pelo horário de verão, calor, muito calor  e tereré para aliviar! A tal da luz dura, que normalmente tira o sono dos fotógrafos, era a nossa principal ameaça. Por que a luz dura mete assim tanto medo? Acho importante a reflexão. Muita gente tem medo dela e acaba por não pensar e enxergá-la como um elemento, linguagem e ferramenta extraordinários.  Um dos meus fotógrafos preferidos, deita e rola com a luz dura, o magnífico fotógrafo da Magum ALEX WEBB.

As vezes o que nos tira o sono pode vir a ser um grande aliado. É tudo uma questão de ótica e de mudança de paradigmas. Eu tenho olhado a luz dura, principalmente depois de me embrenhar na fotografia Preto e Branco, como uma oportunidade. Não mais como a grande vilã ameaçadora.

Foram dois dias, 22 alunos, gente bem humorada, Tereré geladinho, um casal de verdade, na cidade grande com o céu mais lindo que já vi, Campo Grande. Na prática do meu Workshop de  Direção consegui mostrar aos alunos que dá pra fotografar a qualquer horário, e com sol a pino. O inimigo, a luz dura, tornou-se nosso maior aliado.

Meus agradecimentos ao Angelton Alencar pela produção e ao Wagner e Mari Takamori pelo suporte logístico, maquiagem, cabelo e vestido da noiva e ao lindo casal que se casou no último dia 14, Rodrigo e Jaqueline.

“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas..”. Sun Tzu

 

Comentários

Impressionante o domínio das mais variadas técnicas. Criatividade e superação nas diferenças. Como vc consegue unir tudo isso?

Palmas…

Show meu amigo! O curso foi maravilhoso, tamo junto. Abração do Angelton

Vini, es evidente que cualquier tipo de luz es tu amiga. Mi foto favorita es la segunda, aquella donde la sombra de los novios se imprime sobre la pared.

Mestre Vinícius, obrigado por ter vindo e pelo conhecimento passado de forma tão transparente pra todos nós!!! Como costumo dizer, foi fera d+!!! Lindas imagens e acima de tudo, lições que mudaram meu jeito de enxergar minha própria fotografia!!!! Um forte abraço e que Deus continue te abençoando grandemente!!! Valeu parceiro!!!

Vinicius….amei, ate pq adoro esta luz dura em estudio principalmente nas pbs, mas o cliente gosta mesmo daquelas com a iluminação mais difusa…..beleza q a gente vê, uma pena q nem todos pensem assim 🙁 abs

Deixe o seu comentário

FECHAR MENU