MENU

Inovar é preciso!

Preciso falar um pouco mais sobre vídeo e fotografia de casamento.

Em um post anterior citei alguns trabalhos  de vídeo que tem se destacado no Brasil. O vídeo passa por uma fase bem parecida com a que vivenciada pela fotografia nos últimos 5 anos no nosso país. A nossa fotografia de casamento já deu passos importantes  mas ainda engatinha. Agora creio eu que chegou a vez do vídeo. O terreno ainda é árido mas já está adubado e preparado para receber sementes promissoras.

A mudança é inevitável e novos players tem se fixado no mercado simplesmente porque estão com os olhos abertos para uma nova dinâmica vigente. Clientes aborrecidos com vídeos chatos e outros extasiados com as possibilidades de trabalhos mais dinâmicos, orgânicos e que explorem a emoção.

A verdade é que em ambos os mercados (foto e vídeo) vejo antigos profissionais reclamando que os novos, com pouco tempo de casa, chegam para lhes tomar os clientes. Na verdade interpreto de outra forma. Quem chega tem sangue novo, sem preconceitos, com idéias mais ousadas e muita vontade de realizar. Ao mesmo tempo gente mais atualizada que não está sentada em berço esplêndido. Não dá para ficar mais parado!

É assim que funciona o mercado global. Da noite para o dia muita coisa muda. Por isso levo todas as noites uma pergunta para a cama:

Como posso fazer meu trabalho de uma forma diferente?

Nem sempre encontro respostas. Por mais que as procure, elas muitas vezes se disfarçam embora estejam presentes em diversos momentos do nosso dia a dia. As oportunidades dão sopa por aí todos os dias mas andam na maioria das vezes camufladas.

Disfarçadas de cliente que reclama, de um novo concorrente que é uma possibilidade de ser ainda melhor, de crise econômica que é uma oportunidade de ser diferente, de mudança no mercado de foto e vídeo  que é a grande chance de liderar.

Ser líder é trabalhar muito. Pergunte aos norte americanos, mexicanos e australianos, que no meu ver são os melhores hoje em dia no mercado. Eles não seguem mas sim ditam regras. Falando nisso, existem dois tipos de profissionais, os que fazem acontecer e os que os seguem.

Nosso Brasil ainda é um país de figurantes, repleto de fotógrafos e videógrafos seguidores. Ainda falta muito para sermos líderes.

Até quando? Não sei, espero que por pouco tempo. Acho que em 10 anos temos toda possibilidade de passarmos de seguidores a seguidos. Principalmente se esta equação abaixo puder ser resolvida.

INOVAÇÃO = CRIATIVIDADE + ATITUDE

Somos considerados criativos. As grandes agências de publicidade adoram os brasileiros. No entanto essas agências pertencem a grupos estrangeiros, não são nossas. Há uma enorme lacuna entre criar e inovar. Para ser inovador é preciso criar mas também precisamos de…

ATITUDE

Para ilustrar tudo isso termino a minha participação aqui com um vídeo altamente inovador, de grandes feras do mercado de casamento mundial que se uniram e fizeram um roteiro baseado na história real dos noivos indianos que roda em paralelo com uma história fictícia. Na minha opinião um trabalho fantástico, de muito bom gosto e com fotografia invejável. Ainda quero ver um vídeo tão criativo assim rodado e gravado 100% por nós, brazucas.

Quem 2012 seja um ano INOVADOR para nós brasileiros.

Comentários

Sensacional!!!

Falou com propriedade, verdade e visão.
Não basta ser fotógrafo, tem que ser empreendedor.
Um natal com Jesus amigo Vinicius e até o próximo Wedding Brasil.

Texto maravilhoso… realmente não só na área de casamentos que essa equação INOVAÇÃO = CRIATIVIDADE + ATITUDE serve… isso é dica para o dia-a-dia… admiro muito seu trabalho, parabéns!!!!

Deixe o seu comentário

FECHAR MENU