MENU

Dou prosseguimento a nossa série Entregando o ouro que também abordará dicas de fotografia de família. Espero então ajudar não só os fotógrafos de casamento mas todos aqueles que também fotografam famílias por esse Brasil.

Essa imagem foi feita na casa dos meus clientes e amigos Sérgio e Flávia quanto a Ana Vitória tinha apenas alguns meses. Eu sempre procuro aproveitar ao máximo os elementos encontrados nos locais onde fotografo. Quando chego ao local das fotos, antes mesmo de pegar a câmera, passo algum tempo observando o meu entorno, para a partir daí, poder utilizar esses elementos a favor das minhas criações. Esse hábito se torna ainda mais produtivo e fundamental quando fotografo na casa das famílias pois todos ou quase todos os objetos e elementos encontrados dentro de suas casas, certamente contam um pouco de suas histórias e certamente tem a ver com as pessoas que ali vivem.

Quando vi que havia um livro do Salvador Dalí (sou fã) na mesa de centro e que a mesma ainda tinha um espelho, resolvi dirigir a família de modo que o Salvador, em foco, os observasse. Na verdade ele, com sua inconfundível cara de maluco protagonizou a imagem virando observador.

Lembrando que a imagem foi virada de cabeça pra baixo depois que fiz o clique na pós produção.

📷 Canon Mark III lente 35mm, luz ambiente.

E se você, quer receber mais dicas de fotografia de família, basta enviar um comentário que eu tentarei aqui respondê-lo.

Abraços!

fotografia de família vinicius matos

Comentários

Geralmente as crianças estão habituadas, até mesmo por seus pais, a olharem para câmera e dar aquele sorriso forçado. Como ficar dentro do ambiente mais íntimo deles, sem se fazer tão notado? Você apenas fotografa o cotidiano ou dirige algumas cenas? Gratidão!

Quando eu estou fazendo documental eu não dirijo nada. Passo 12 horas com as famílias. Quando fotografo ensaios curtos, aí sim dirijo o tempo todo. Depois vem pro meu workshop de dois dias onde eu explico e demonstro tudo isso. Vamos ter uma turma na semana que vem!

A mulher sempre gosta de ser fotografada, e o homem, como fazê-lo se entregar às lentes também?

Oi Varlayse. Tudo bem? Eu sempre procuro dedicar parte do meu tempo para um bate papo com o homem, seja o pai da família, marido ou noivo. E sempre tenho bons resultados. Experimente e me diga.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

FECHAR MENU