O Renato perdeu seu pai há menos de um mês antes do casamento. Acho que esse é um dos motivos que o deixaram emocionado antes e durante a cerimônia. De alguma forma seu pai estava presente nesta ocasião tão especial. Uma noite onde duas pessoas de que se visivelmente se gostam muito, oficializaram o início de uma nova família.

Achei por acaso hoje uma poesia que veio a calhar:

Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já…

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida…

Saudade é sentir que existe o que não existe mais…

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam…

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda

_mg_9962