Olá meus amigos!

Hoje quero falar um pouco sobre a relação fotógrafo x clientes.

Se você é fotógrafo, independente do que fotografa, então você provavelmente já teve que lidar com clientes exigentes. Eu já passei e passo por isso até hoje, e após 15 anos lidando com alguns deles, arriscaria dizer que muitas vezes eles nos tiram o sono, mas por outro lado, são os clientes desse tipo que nos ajudam a aprimorar o nosso negócio.

Essa semana, ao ler um dos meus sites favoritos, me deparei com uma história lá da China, que é simplesmente incrível. Um casal de recém-casados insatisfeitos em Hong Kong enviou recentemente ao fotógrafo de casamento deles um documento de 30 páginas para apontar as folhas em fotos ruins que receberam.

 

O casal passou uma incrível quantidade de tempo criticando meticulosamente um grande número de fotos com as quais não estavam felizes. O documento foi muito bem feito com representações gráficas contendo linhas, grids e comentários apontando tudo, de questões técnicas até “erros” na composição.

O documento rapidamente se tornou um viral no Facebook e provocou uma discussão entre os fotógrafos chineses e logo se espalhou pelo mundo. As discussões se polarizavam em duas vertentes. Uns acreditavam que era uma crítica apropriada de clientes que pagaram pelo trabalho, enquanto outros foram em defesa do fotógrafo e sugeriram que as as imagens ainda não haviam sido retocadas.

Eu prefiro aqui não entrar em nenhum dos dois méritos. Confesso que fiquei, por um lado, espantado com o nível de detalhes das críticas. E foi justamente isso que me fez escrever esse texto para vocês. Quando comecei a fotografar casamentos, há 15 anos, os noivos não tinham o conhecimento que tem hoje sobre fotografia, pós produção e imagens em geral. Hoje todos somos no mínimo fotógrafos amadores. Todos nós produzimos imagens diárias nos nossos celulares e também melhoramos e alteramos essas mesmas imagens em softwares e aplicativos, não é mesmo?

A fotografia se popularizou de modo geral, os clientes tem muitas referências de Facebook e Instagram. Eles sabem separar com mais propriedade o joio do trigo. Acredito que todo esse movimento de popularização, tem mudado a relação entre cliente e fotógrafo. Creio que a cada dia nós, fotógrafos, precisamos estar ainda mais preparados para evitar que os nossos próprios clientes tenham mais conhecimento que a gente.

Eu não sei como reagiria se recebesse uma dura crítica como essa. E você, como reagiria se recebesse de um cliente um documento destes?

Enquanto isso, vou me preparar melhor, para não ter que passar nunca por isso. Espero que nunca mesmo!

Um grande abraço a todos e até a próxima!

Deixe um comentário

Comment