A segunda parte da minha fantástica jornada em Chefchaouen, Marrocos, foi uma sessão fotográfica de praticamente um dia inteiro do casal Sérgio (Espanhol) e Fernanda (Brasileira). Começamos a em um Ryad, uma linda casa que hoje funciona como hotel. Uma das casas mais fantásticas que eu já conheci. A sua arquitetura impressiona pela assimetria, pelas clarabóias e pelo azul é claro. O hotel é muito bacana e vale a pena para aqueles que queidam visitar Chefchauen. A minha amiga fotógrafa Susana Barberá que entrou e descobriu meio que sem querer. Para os interessados, favor clicar AQUI.

Depois de um belo almoço, Tajin de Cordeiro, fomos para a cidade fotografá-los no meio do povo e da arquitetura local. Ao contrário do que aconteceu no dia anterior, o comportamento das pessoas mudou em relação ao nosso grupo. Agora já éramos vistos com bons olhos. Todos achavam os trajes de noivos do um tanto quanto diferente e engraçado, algumas crianças chegavam até a noiva para pegar no vestido. As mulheres diziam palavras de benção e sorriam a todo momento, alguns batiam palma, as pessoas saiam das casas… viramos atração da cidade.

Nesse tempo que tenho fotografado noivos nas ruas e em locais diversos, nunca havia passado por uma experiência tão forte e real como essa. Tive então muitas idéias a partir dessa. Espero colocar algumas delas em prática o mais rápido possível.

Hora de voltar para a Espanha. Chefchaouen fica pra tráz mas deixa uma marca nos nossos corações. Um orgasmo cultural, algumas boas histórias pra contar e os seus diversos tons de azul gravados em nossa retina.

PS: Em Chefchaouen praticamente não há cães mas muitos e muitos gatos.

Quem não tem cão fotografa gato!


Deixe um comentário

Comment